SÍNDROME DA BANCA REDONDA

Tempo de leitura: 3 minutos

Síndrome da banca redonda.

Somos movidos e motivados a fazer o que fazemos por sonhos e metas.

Uns tem o sonho de conquistar a independência financeira, outros de ter um carro ou quem sabe uma casa própria. Enfim, muitos são os motivos que nos levam a trabalhar e nos esforçar para atingirmos o que desejamos.

No Trading Esportivo, uma das primeiras “metas” que buscamos tem a ver com ter um banca de determinado valor para operar e alavancar seus investimentos.

Muitos optam, por exemplo, em começar trabalhando com bancas pequenas variando entre 100-200 dólares e batalham para atingir a primeira banca redonda de 1000 dólares.

A sensação de atingir aquele número de 4 dígitos como um patamar para o sucesso é muito boa e geralmente não queremos aceitar de maneira nenhuma perder aquele “valor redondo” mais.

Como eu disse anteriormente, a conquista de algo que estamos planejando e esperando a um bom tempo faz a nossa mente, isto é, nosso psicológico ter uma das melhores sensações humanas: a de realização!

Mas assim como a realização é prazerosa, o “retrocesso” passa a tornar-se algo inadmissível. O que acontece basicamente é que se você atinge a meta de uma banca de 1000 dólares, por exemplo, não quer mais que essa banca reduza sob nenhuma hipótese. E é aí que mora o perigo…

O nosso olhar está sempre voltado a continuar crescendo, ninguém quer retroceder mas infelizmente é uma coisa que pode acontecer… A elevação do patamar que você está dificilmente será uma linha reta e contínua.

O que é mais provável de acontecer é que não importa o patamar que você se encontre, mas sempre irá subir pouco a pouco, porém cairá algumas vezes.

As vezes atingimos uma banca de 1000 dólares e acabamos caindo para 950 dólares. Na tentativa de retornar aos mil dólares, acabamos investindo ainda mais e perdemos mais ainda… e num piscar de olhos jogamos fora o trabalho árduo e duro de dias, semanas, meses por falta do controle na hora certa.

A minha orientação é que sempre que atingir uma “banca redonda” faça investimentos menores até atingir um valor para entradas que não comprometam aquele valor redondo.

Exemplos: Você tem planejado entrar sempre com valores de 2 a 5% de sua banca, então o normal numa banca de 500 é entrar com valores de 10 até 25. Quando atingir uma banca redonda procure entrar com percentuais menores, assim correrá menos risco de retroceder e criar uma armadilha para sua mente.

Atingindo um valor de 560 por exemplo você poderá voltar aos valores de investimento de 2% a 5% sem comprometer o valor redondo já que saiu da “banca redonda” e já se acostumou com aquela “centena” dos 500.

Geralmente eu busco trazer conteúdo 100% autoral para o blog, porém hoje estou trazendo um infográfico da SBC – Sociedade Brasileira de Coaching, pois achei muito interessante o tema sobre como “alcançar metas”.

Fazendo um pequeno paralelo com o Trading Esportivo você pode traçar um caminho mais correto para alcançar as “bancas redondas” e fugir dessa síndrome que assola tantos traders sejam iniciantes ou avançados.

Veja abaixo um infográfico mostrando 6 passos sobre “como alcançar metas” 

Dicas para alcançar metas

Se quiser baixar o infográfico em máxima qualidade deixe seu e-mail no campo abaixo:

Baixe seu Infográfico Gratuitamente!

Para fazer o download, basta deixar o seu e-mail logo abaixo:

Neste mesmo seguimento você precisa aprender a fazer também um “planejamento estratégico” para atingir seus sonhos, planos e metas.

Aqui no blog eu tenho um artigo falando sobre planejamento estratégico e sua importância. Recomendo fortemente que você também leia-o assim que puder 😉

Clique aqui ao lado para ler o artigo: https://traderduarte.com/planejamento-estrategico/

Enfim, espero que tenha gostado do artigo…

Um grande abraço, sucesso e rumo aos greens!

Trader Duarte